sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Então...

Resultado de imagem para carinho

Então eram tuas mãos
Nelas sentia todas as promessas
As ditas e as mudas que são
Todo o amor que se expressa

Então eram teus olhos
Neles todo o meu mundo
O que vejo e o que não escolho
Meu puro e imenso latifúndio

Então eram teus braços
E tudo o que mais desejo
Ser apertada nos teus abraços
Meu mais terno lugarejo

Então és minha vida
Meu delírio, meus dias
Tuas palavras por mim bebidas
Nunca mais estarei perdida





quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Cotovia

Resultado de imagem para cotovia

Um dia levantei-me cedo e a fome me assolou
Uma fome antiga, antepassada, uma fome de vida
A cotovia que passava nem me viu, apenas cantou
Sem zombar, entendeu minha dor, como despedida

Estava eu só, com meu passado, quase sem nada
Alguns segredos e mais ninguém para compartilhar
Mesmo assim, nunca, nunca me dei por vencida
Minha fome de vida, sempre me impelia a continuar

E nesta toada vivi esta fome, sempre sorrindo p'rá vida
Outro dia abri os olhos e, claro sabia, mais tarde o veria
No beijo fortuito, sem querer, muitas memórias vencidas
Uma nova paixão, será? Madura ou não, eu soube, viria

E nas palavras não ditas, tão apenas sentidas, benditas
Escritas na pele, sem nenhum pudor, apenas amor e calor
Renovo meus dias e ouço feliz o belo canto da cotovia
Qual história muito feliz e sem mais nenhuma outra dor


domingo, 8 de janeiro de 2017

Prosa e Verso

Resultado de imagem para sonhos

Você me pediu uma prosa e eu, esperta, lhe dou. Olhei seus olhos pela primeira vez, e neles vi um mundo de luz. Seu coração batia descompassado e pulsava neles, nos seus olhos.

Mas também lhe prometi um verso...
Então, nos seus olhos afundo, submerso.
Verdade!
Memórias esquecidas de vidas em dificuldades,
Somos de cada um realmente a metade.

Eu já sabia... Tenho visto você nos meus sonhos, como uma profecia. Nos sonhos estamos sempre sorrindo, olhando-nos com ternura. Em prosa ou em verso, palavras lançadas ao vento, promessas de vida e alegria.

Espero há vidas pelos seus toques
Por eles, nem tenho medo de choques
Pelos meus olhos passam as imagens
Hoje apenas em novas roupagens

Ouvi os sussurros ao pé dos meus ouvidos e por eles soube de sua chegada. Uma vida inteira de aprendizados e finalmente estamos aqui, agora. Olhares de eternidade numa maturidade esperada, novas palavras, novos toques...

E assim somos nós...
Metades inexatas atadas em nó
O arrepio tardio, sonhado, desejado
Pelo vento dos tempos esperado