sábado, 8 de setembro de 2012

Voz

Perguntaram-me como era a minha voz. Talvez fosse surdo, não sei, mas o fato é que pediu-me uma descrição. Pensei muito nesta resposta, porque não tinha o hábito de pensar na minha voz como uma coisa a ser descrita...
Bem, de tanto pensar, brotou-me na mente algo de que me lembrava vagamente, uma espécie de ruído num túnel de eco...
Acho que uma boa definição seria algo parecido com isso: minha voz é carregada de todos os sonhos que ainda não vivi, das esperanças de vive-los, das alegrias que tenho, das alegrias que terei e de uma vontade férrea de ser feliz. É um tanto suave, quando estou calma, torna-se mais grave quando me aborrecem, mas sempre disposta a fazer rir, não chorar. Minha voz não serve muito para o canto, embora eu adore cantar. Dizem que sou soprano, mas é difícil acreditar... Estou é mais para taquara rachar...
Então, se isso servir de descrição, é assim que que acho que é minha voz.

8 comentários:

  1. A voz da escritora, assim descrita, dá vontade de ouvi-la sussurrar as palavras que tão bem destila. Que os sonhos, as esperanças e as alegrias continuem a ecoar por ela!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo generoso comentário Dulce. Gosto de saber que vocês gostam do que escrevo.
      bjuss

      Excluir
  2. A voz de todo escritor é feita do coro de seus leitores, pois não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Fabrício! Eu então convido a todos para ler-me... Ficarei imensamente feliz.
      Bjuss

      Excluir
  3. Sabe o que adoro dizer-lhe, cara Suzana? Adoro dizer-lhe que, mesmo não a ouvindo, adoro ouvi-la. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E sabe o que adoro dizer-lhe? Adoro dizer-lhe que adoro quando leem o que escrevo e gostam, meu caro José Loureiro.
      Obrigada pela gentil visita.
      Bjuss

      Excluir
  4. Gostei imenso da delicadeza da descrição.;-))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita sempre bem vinda, Guerreira.
      Bjuss

      Excluir

Comente. Vou adorar ler.