quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Migalhas de Amor

Você entra de cabeça, corpo e alma nesta coisa de ser mãe... De menino.
A gente pari com todas as dores e flores e olha para aquele rostinho redondo e inchado e o coração bate forte como se quisesse sair pulando de dentro do seu peito para se agarrar naquele pedacinho de gente, que alguém está segurando ao lado do seu rosto suado e emocionado. Ele te olha sem ver, mas ouve seus murmúrios gorgolejantes e quase incompreensíveis que saem de sua boa e que parecem dizer "oi neném! como você é lindo!" (ainda que esteja todo melecado), porque ali está o ser mais importante da sua vida. O homem perfeito que vai emocioná-la sem limites, que vai transformá-la sem pudores, que vai te fazer a mulher mais feliz do mundo, que vai te ensinar o valor de um afago, de uma atenção, ou de um simples abraço. Você vai andar atrás dele sem descanso, vai chorar quando ele cair e machucar os joelhos e vai gritar quando o vir rolando pela escada e chegar em baixo dela com um talho enorme na testa. Vai rezar prá não doer muito o braço que ele quebrou na sua frente e que você não conseguiu evitar, e vai passar noites e noites sem dormir, porque ele teve pesadelos e foi correndo para os seus braços, na sua cama. Vai rir nervosa quando ele segurar a metade de uma lagarta verde numa mão, enquanto a outra metade está em sua boca e ele sorrindo dizer: "gotoso mamãe!!". E vai explodir de alegria quando ele puser na sua frente um prato com a comida que ele fez sozinho e que está deliciosa, ou quando ele receber um prêmio de melhor jogador de beisebol do torneio. E vai ficar apaixonada quando estiver pintando sua carinha de palhaço e vesti-lo com a fantasia que você mesma fará.
E vai passar todos os anos, enquanto ele morar com você, desejando que ele nunca te abandone, nunca perca o amor por você e que dispense algumas horas por semana para te encontrar.
E quando ele finalmente crescer, você ficará encantada e orgulhosa com suas vitórias e conquistas, a faculdade, as fotos que ele vai mandar das viagens que fará, as promoções nos empregos e no futuro bondoso e promissor que terá pela frente.
E mais ainda! Você vai ficar toda derretida quando ele te falar emocionado que será pai... E quando você der de cara com aqueles novos pedacinhos de gente que acabam de chegar e que, de alguma forma, tem você neles, então você realmente saberá que tudo valeu a pena... É sua continuação, sua perpetuação...
É... Ser mãe de menino é mesmo como viver numa montanha russa...
Mas, no final, tudo o que você vai querer mesmo, é que ele esteja sempre com você, ainda que de longe.