domingo, 8 de janeiro de 2017

Prosa e Verso

Resultado de imagem para sonhos

Você me pediu uma prosa e eu, esperta, lhe dou. Olhei seus olhos pela primeira vez, e neles vi um mundo de luz. Seu coração batia descompassado e pulsava neles, nos seus olhos.

Mas também lhe prometi um verso...
Então, nos seus olhos afundo, submerso.
Verdade!
Memórias esquecidas de vidas em dificuldades,
Somos de cada um realmente a metade.

Eu já sabia... Tenho visto você nos meus sonhos, como uma profecia. Nos sonhos estamos sempre sorrindo, olhando-nos com ternura. Em prosa ou em verso, palavras lançadas ao vento, promessas de vida e alegria.

Espero há vidas pelos seus toques
Por eles, nem tenho medo de choques
Pelos meus olhos passam as imagens
Hoje apenas em novas roupagens

Ouvi os sussurros ao pé dos meus ouvidos e por eles soube de sua chegada. Uma vida inteira de aprendizados e finalmente estamos aqui, agora. Olhares de eternidade numa maturidade esperada, novas palavras, novos toques...

E assim somos nós...
Metades inexatas atadas em nó
O arrepio tardio, sonhado, desejado
Pelo vento dos tempos esperado